Home Ads

Ineficiência sim, problemas com o departamento médico sim, desespero (ainda) não.

06:41:00
O torcedor um pouquinho mais lúcido, sabe que a derrota de ontem não foi nada de anormal. Jogar lá, pressão, estádio cheio, contra um time que deve brigar na parte de cima da tabela, a derrota é aceitável. Principalmente, pelo ótimo primeiro tempo que o Botafogo fez.

O primeiro tempo poderia acabar tranquilamente 3x1 para o Botafogo, Sassá desperdiçou um contra ataque, Neilton perdeu um gol imperdível e Yaca mandou uma bola na trave. O Corinthians? O segundo gol deles, foi a segunda bola que eles acertaram no gol. O segundo gol, diga-se de passagem, foi uma piada de muito mau gosto. Falha bisonha do sistema defensivo. Deve ter sido o gol mais fácil que Marquinhos Gabriel meteu na carreira dele.

A postura do Botafogo melhorou, é notório, porém a ineficiência que nos acompanha desde o começo do ano, essa não nos larga. Neilton não consegue fazer dois jogos seguidos bons, incrível. Gervásio melhorou muito, mas deixa a desejar ainda na marcação, ontem não acompanhou Fagner no primeiro gol. Deve voltar para o banco na quarta com a entrada de Camilo. Pimpão só domingo, pois o contrato dele acaba na quarta, isso se não houver nenhuma burocracia.

Levando em consideração que: estamos com dois zagueiros titulares machucados, dois volantes titulares machucado, e mais três jogadores na parte da frente para entrar, fora o fato de mês que vem, não precisarmos viajar para jogar em casa, pois a arena já deve está a disposição, acho que isso nos da alguma esperança e não deixa que nos desesperemos (ainda).

Agora, o maior dos problemas do Botafogo esse ano, sem dúvida nenhuma é a quantidade de lesões que o time tem sofrido. Não acredito que isso seja obra do acaso. Quase todos os jogadores do elenco (se não foram todos) já se lesionaram esse ano. Detalhe: sempre demoram para voltar e muitos quando voltam, não conseguem engatar uma sequência de jogos. Estranho, não?

Ontem, Muricy disse em um programa esportivo que, quando chegou no Flamengo, eles não tinham estrutura nem para saber qual o tipo de lesão o atleta tinha e nem por quanto tempo ficaria parado, tinham dificuldades para restabelecer um jogador, identificado o problema, o Flamengo montou uma estrutura provisória muito boa com resultados a curto prazo e até o fim do ano deve inaugurar uma estrutura de ponta. Os resultados já são visíveis: Ederson é o melhor exemplo de todos.

Será que não está faltando isso ao Botafogo? Alguém com visão para enxergar essas coisas? Esse número de lesões, o tempo de recuperação, isso não é normal. Airton não consegue fazer uma sequência de jogos, Emerson tem 21 anos e vive no Departamento médico, Sassá já voltou a sentir ontem novamente, algo precisa ser feito. Temos um elenco limitado, mas com todos os jogadores a disposição, não teremos problemas para ficar na primeira divisão.

Quarta temos um jogo de 6 pontos, não se pode ter outro pensamento que não seja a vitória. Depois, teremos uma sequência pesada com Inter e Atlético MG fora, então é preciso ganhar quarta. Precisamos de uma vitória convincente fora de casa para recuperarmos a confiança, quem sabe não é contra um desses dois adversário? 6 pontos nos próximos 9 disputados, seria o ideal.

Tirando Jefferson, poderemos ter esse time em julho, somado ao fator "casa", pois vamos começar a jogar no Rio. Minha opinião? Se pararmos de ter problemas (anormais) com lesões, ficamos tranquilamente no meio da tabela. E você, o que acha?




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.